sábado, 28 de maio de 2016

Dia Nacional do Folclore Português


Por deliberação da Assembleia da República em 22 de Julho de 2015, finalmente, o movimento do folclore português pode comemorar oficialmente o seu Dia Nacional do Folclore Português, sempre no último domingo do mês de Maio.
Assim sendo, no próximo domingo, dia 29 de Maio de 2016, faz-se história, ao comemorar-se oficialmente pela primeira vez, o Dia Nacional do Folclore Português.
Este deverá ser certamente um grande dia de festa para todos aqueles que, de uma forma ou de outra, estão ligados aos inúmeros grupos folclóricos de todo o território nacional e espalhados pelo mundo inteiro; finalmente a riqueza da nossa identidade cultural que preservamos e representamos começa a ser reconhecida, justamente. Este, será o grande dia, a grande festa do Folclore Português.
É natural que neste domingo, um pouco por todo o país, possam ocorrer manifestações comemorativas deste grande dia, mas damos aqui um especial destaque às comemorações oficiais promovidas pela Federação do Folclore Português, que terão lugar no Parque de Santa Maria Adelaide, em Arcozelo, Vila Nova de Gaia, junto à sede da FFP.
Feliz Dia Nacional do Folclore Português para todos nós! Festejemos!






Festa do Corpo de Deus

Na passada quinta-feira, feriado. dia 26 de Maio de 2016, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande participou nas Festividades da sua terra, Vila Nova de Sande, em honra e louvor ao Santíssimo Corpo de Deus.
Pelas 16:00 horas da tarde, o Grupo integrou a procissão que percorreu várias ruas da localidade e no final realizou uma atuação para um vasto público que se encontrava presente no recinto das festividades.
Para o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande é sempre um grande orgulho poder contribuir e estar presente nas festividades da sua terra.








terça-feira, 24 de maio de 2016

Atuação na Festa do "Corpo de Deus"

A localidade de Vila Nova de Sande tem a tradição de celebrar a festividade do Dia do "Corpo de Deus" e este ano não será exceção. À semelhança de anos anteriores, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande irá também participar nestas festividades da sua terra.
Assim sendo, na próxima quinta-feira, dia 26 de Maio de 2016, feriado, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande irá incorporar a procissão prevista para as 16:00 horas e no final realizará uma atuação para todos os presentes.


37º Aniversário do Centro Social

No passado domingo à tarde, dia 22 de Maio de 2016, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande realizou uma pequena atuação, nas comemorações do 37º Aniversário do Centro Social, Cultural, Desportivo e Recreativo de Vila Nova de Sande, Guimarães. 
No final, cantamos todos os "Parabéns" à nossa instituição.








sábado, 21 de maio de 2016

37º Aniversário do Centro Social de Vila Nova de Sande

Este fim de semana, o Centro Social, Cultural, Desportivo e Recreativo de Vila Nova de Sande comemora o seu 37º Aniversário. 
Sendo a Instituição que acolhe e dá nome ao nosso Grupo Folclórico, sendo portanto a "casa" do nosso grupo, não poderíamos deixar de participar nas comemorações do seu aniversário. 
Assim sendo, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande irá realizar uma pequena atuação, inserida nas comemorações do 37º Aniversário do Centro Social, no próximo domingo à tarde, pelas 16:30 horas, nas instalações do mesmo.
PARABÉNS AO NOSSO CENTRO SOCIAL!!!



quarta-feira, 18 de maio de 2016

Viagem a Dijon, França

O Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande realizou uma deslocação a Dijon, França, no passado fim de semana.
A partida do Centro Social de Vila Nova de Sande foi na passada quinta-feira à noite, dia 12 de Maio, de autocarro, por volta das 23:30 horas. Devido a alguns problemas de trânsito a chegada a Dijon só aconteceu quase vinte e quatro horas depois. À nossa espera, encontrava-se a comunidade de emigrantes portugueses de Dijon, que nos aguardavam na Casa de Portugal da ULFE (Union Luso Française Européen). Depois de nos servirem uma refeição bem agradável fomos encaminhados para as respetivas casas de portugueses que nos acolheram.
No sábado, dia 14 de Maio, da parte da manhã houve uma Sessão Solene de Honra, onde se destacaram os laços de união que tem vindo a ser construídos entre estas duas cidades, Dijon (França) e Guimarães (Portugal), bem como o possível processo de geminação entre as duas cidades. Nesta cerimónia, estiveram presentes várias entidades locais e também o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Guimarães, Dr.José Manuel Nogueira Teixeira Bastos, que nos acompanhou durante todo o fim de semana. Após o almoço fomos convidados a conhecer o lindíssimo centro histórico da cidade de Dijon, onde ficamos deslumbrados com a beleza de toda a arquitetura característica. Houve tempo para comprar alguns "souvenirs" e a famosa mostarda de Dijon. Ainda durante a tarde realizamos uma visita à sede da Aliança Francesa de Dijon e ao Centro Comercial da cidade. À noite, teve lugar um jantar convívio e baile com animação tipicamente portuguesa.
No domingo, dia 15 de Maio, após o almoço. pelas 14:30, realizou-se o Festival de Folclore na Casa de Portugal de Dijon (ULFE), com a participação do grupo folclórico da casa, composto pela comunidade portuguesa, e o nosso Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande, Guimarães, Portugal. Ao final da tarde iniciamos a nossa viagem de regresso a casa.
O grupo chegou ao Centro Social de Vila Nova de Sande na segunda feira, dia 16 de Maio, pelas 14:30 horas.
O Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande faz um balanço muito positivo desta deslocação à cidade francesa de Dijon. A viagem correu dentro da normalidade e a estadia em Dijon foi extremamente agradável, graças à comunidade portuguesa local.
O Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande agradece-se à Câmara Municipal de Guimarães por todo o apoio prestado e pela colaboração em tornar esta deslocação possível; agradece também à Casa de Portugal de Dijon (ULFE), na pessoa do Sr.António Costa, pela forma fantástica com que nos acolheram; um agradecimento à comunidade portuguesa de Dijon, em especial a todos os que carinhosamente alojaram os elementos do nosso grupo folclórico; e um especial agradecimento também a cada um dos elementos do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande que fizeram o esforço de aceitar este desafio.
Desta forma o Grupo Folclórico carimbou no seu historial mais uma demonstração do seu trabalho além fronteiras. O folclore nacional  e vimaranense foi bem representado na cidade francesa de Dijon, que jamais esquecerá esta presença.


quinta-feira, 5 de maio de 2016

XXI Feira Rural Portuguesa da FFP

Este fim de semana, de 6, 7 e 8 de Maio de 2016, a Federação do Folclore Português vai levar a efeito a XXI Feira Rural Portuguesa.
O evento decorrerá, à semelhança de anos anteriores, no Parque de Santa Maria Adelaide, em Arcozelo, V.N. de Gaia, junto à sede da FFP.
Apresentamos o Cartaz Oficial e a Programação do evento.







Viagem a França



O Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande irá realizar uma deslocação à cidade francesa de Dijon. 
Dijon é uma comuna francesa da região administrativa da Borgonha, no departamento Côte-d'Or. Estende-se por uma área de 40,41 km². Em 2010 a comuna tinha 151 212 habitantes (densidade: 3 741,9 hab./km²). Só na área urbana de Dijon, possui uma população de 236.953 habitantes. O centro histórico da cidade foi, em 2015, incluído na lista do Património da Humanidade da UNESCO.
Os primeiros habitantes de Dijon datam da época do Neolítico. Graças às suas muralhas construídas no século III, Dijon se livrou de invasões bárbaras e sarracenas (no século VIII) e normandas (século IX). Na sua História dos francos (livro III, cap. 19), Gregório de Tours descreve Dijon do século VI, rodeada de uma muralha de 9,5 metros de altura e 4,44 metros de largura, com quatro portas e 33 torres. As escavações arqueológicas identificaram doze destas torres. A área cobre onze hectares.
Em 1137, Dijon foi completamente destruída por um incêndio.
A partir do século IX, tornou-se a capital do Ducado de Borgonha. Quando Carlos, o Temerário, duque de Borgonha, morreu, em 5 de Janeiro de1477, a Borgonha foi anexada à França.
Durante o antigo regime, Dijon passou a adotar a viticultura e em 1772 nasce a universidade de direito na cidade. A exploração do carvão e do ferro, a ativação do Canal de Borgonha em 1833, a abertura de vias férreas e a instalação de uma base aérea confirmaram a importância da cidade como linha de trânsito durante a Primeira Guerra Mundial.
Durante a Segunda Guerra Mundial, Dijon foi ocupada pelos alemães e libertada no dia 11 de Setembro de 1944.
Dijon fica a 310 km de Paris, 200 de Genebra e Lyon. É atravessada pelo canal de Borgonha e dois cursos naturais de água: os rios Ouche e Suzon.
É mundialmente famosa pela conhecida “mostarda de Dijon.
A cidade conserva importantes obras de arte. Depois de Paris, é um dos centros culturais mais importantes do país. Existem na cidade as igrejas de Saint Philibert, de estilo românico, Notre Dame (do século XIII), uma das obras mais importantes do estilo gótico, a igreja de Saint Michel (renascentista), e a catedral de Saint Bénigne (séculos XVIII e XIV), cuja cripta é do século XI. Entre as inumeráveis casas e edifícios de carácter civil que se conservam, destacam-se o Palácio de Justiça e o palácio dos duques de Borgonha, atualmente Câmara Municipal e Museu de Belas Artes.
Existe um grande cuidado nos parques e jardins, sendo considerada por eles mesmos como “cidade das quatro flores”.
O Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande irá representar o folclore vimaranense junto da comunidade portuguesa local onde participará em diversos eventos.
A viagem do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande inicia no próximo dia 12 de Maio e terminará no dia 16 de Maio.