quinta-feira, 27 de julho de 2017

XXXVI Festival Internacional de Folclore Vila Nova de Sande 2017

No passado sábado, dia 22 de Julho de 2017, realizou-se o XXXVI Festival Internacional de Folclore - Vila Nova de Sande 2017, organizado pelo Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande.
Em mais um ano consecutivo, Vila Nova de Sande voltou a ser palco de uma extraordinária noite rica em partilha cultural, com muito público a assistir.
O evento iniciou pelas 18:15 horas, no Auditório do Centro Social de Vila Nova de Sande, com uma Receção Oficial aos Grupos Participantes e às Entidades Convidadas. Para além das representações dos grupos participantes, estiveram também presentes nesta pequena cerimónia, o Representante da Direção do Centro Social de Vila Nova de Sande, Sr.Alberto Ribeiro; o Representante da Assembleia Geral do Centro Social de Vila Nova de Sande, Sr.Guilherme Silva; o Diretor do Agrupamento de Escolas Arqueólogo Mário Cardoso, Prof. Artur Monteiro; o Representante da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Sande Vila Nova e Sande S.Clemente, Sr.Manuel Ribeiro; o Presidente da União de Freguesias de Sande Vila Nova e Sande S.Clemente, Sr.Bruno Falcão; o Presidente da Associação de Folclore e Etnografia de Guimarães, Dr.Carlos Oliveira; o Vice-Presidente da Federação do Folclore Português, Sr.António Faria; e o Vereador da Câmara Municipal de Guimarães, Dr.Ricardo Costa. Todas estas personalidades associaram-se às palavras de Sandra Martins, Presidente de Direção do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande, numa referência a um grande impulsionador e dinamizador dos festivais de folclore em Vila Nova de Sande, o seu pai, Manuel de Oliveira Martins, e destacaram também a qualidade do evento, quer pela sua organização, quer pelos excelentes grupos folclóricos participantes.
Às 19:00 horas, realizou-se o Jantar Convívio no Pavilhão Manuel de Oliveira Martins, com todos os grupos participantes e entidades convidadas, tornando-se um especial momento de alegria e convívio entre todos os intervenientes no Festival.
Pelas 21:30, iniciou a Cerimónia de Abertura do XXXVI Festival Internacional de Folclore - Vila Nova de Sande 2017, com a entoação dos Hinos Nacionais dos 3 países participantes, e uma representação de referência às Tradições de Guimarães e a importância que elas têm na transmissão ao longo das várias gerações. Foi um sentido momento de homenagem ao povo vimaranense pela sua apaixonada dedicação à preservação das suas tradições. Foi feita referência a algumas, tais como, o linho, os artesãos, as bordadeiras, as feiras, as romarias e as "Nicolinas"... Nesta Cerimónia de Abertura foi também interpretado o Hino da Cidade de Guimarães.
Depois disto, seguiu-se as atuações dos 7 grupos participantes: primeiro, claro está, atuou o anfitrião do evento e organizador, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande; seguiu-se o "Asociación Cultural Qhaswa" do Peru; depois subiu ao palco o Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira, Tomar; seguiu-se o Grupo Folclórico Cancioneiro de Cantenhede; posteriormente atuou o Grupo Folclórico e Etnográfico de Vila Cova à Coelheira, de Vila Nova de Paiva; seguido pelo Grupo Folclórico da Associação Cultural e Recreativa Sra. Aparecida, de Lousada; e a terminar atuou o "African Tumbas of Kenya", do Quénia.
E foi desta forma que se realizou em Vila Nova de Sande, mais um grande festival de folclore.
Foram muitos aqueles que se deslocaram a Vila Nova de Sande para presenciar a este extraordinário evento cultural, apesar de se registar um noite bastante fresca.
Estão de parabéns cada um dos elementos do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande, pela excelente capacidade de organização!
Já se começa a projetar o evento do próximo ano, no ano em que o grupo organizador comemora os seus 40 anos de existência! 
Tudo faremos para que em 2018, volte a assistir uma grande manifestação cultural de qualidade, em Vila Nova de Sande!


terça-feira, 18 de julho de 2017

XXXVI Festival Internacional de Folclore - Vila Nova de Sande 2017

É já no próximo sábado, dia 22 de Julho, que o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande realiza o seu XXXVI Festival Internacional de Folclore.
Será um grande evento cultural, com a participação de 7 grupos, 5 dos quais nacionais e 2 estrangeiros.
Para além da atuação do grupo anfitrião e organizador, o Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande, estará também presente o Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira, de Tomar; o Grupo Folclórico Cancioneiro de Cantanhede; o Grupo Folclórico e Etnográfico de Vila Cova à Coelheira, de Vila Nova de Paiva; e o Grupo Folclórico da Associação Cultural e Recreativa Sra. Aparecida, de Lousada.
As representações estrangeiras estão a cargo da "Asociación Cultural Qhaswa", do Peru, e do "African Tumbas of Kenya", do Quénia.
Estão reunidas todas as condições para lhe proporcionar um excelente serão rico em partilha cultural, com excelentes representantes do folclore nacional, oriundos de várias regiões do país e ainda lhe damos a conhecer um pouco da cultura tradicional do Peru e do Quénia.
Contamos com a sua presença para desfrutar deste extraordinário evento que preparamos para si, e que lhe reserva ainda muitas surpresas ao longo da noite!
Até sábado! 😉


terça-feira, 11 de julho de 2017

Cartaz Oficial do Festival 2017

Este é o Cartaz Oficial do XXXVI Festival Internacional de Folclore - Vila Nova de Sande 2017.
A pouco mais de uma semana do evento, esta será a imagem que servirá de promoção nas plataformas online e nas ruas e espaços públicos da comunidade local.


domingo, 9 de julho de 2017

Sede do Grupo de cara lavada!

A sala/sede do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande estava a precisar de uma intervenção, para melhorar a sua imagem, mais concretamente ao nível da pintura.
Os elementos do Grupo e alguns amigos uniram esforços e conseguiram dar uma "lufada de ar fresco" ao espaço. Foi pintada a sala de ensaios, onde também se encontram expostos vários instrumentos tradicionais e lembranças, e 2 salas pequenas onde se encontram a Secretaria e a Sala dos Instrumentos e Trajes do Grupo. Foi também efetuada uma limpeza e reorganização de todo o espólio.
Para além dos objetivos propostos serem alcançados e a nossa sede ficar de "cara lavada", destaca-se a importância da interacção dos elementos que se deixaram envolver por este desafio, proporcionando momentos de muito convívio e animação entre todos. É caso para dizer que "a união faz a força"! 
A identidade de um grupo, está também na sua capacidade de união em prol de objetivos comuns! 
Parabéns a todos os elementos do Grupo Folclórico do Centro Social de Vila Nova de Sande e seus amigos, por aceitarem este desafio e se empenharem no objetivo proposto!